Tags

, ,


Às vezes, a vida real é melhor do que a do cinema

Sobre a Obra:

É possível apaixonarmo-nos na vida real como acontece nos filmes?

É o que Evie Summers tem de descobrir. Porque se ela não conseguir convencer Ezra Chester a terminar o argumento para uma comédia romântica, a carreira dela terminará. O problema é que Ezra pensa que as comédias românticas não refletem a realidade – e só voltará a escrever se Evie lhe provar que é possível conhecer um homem na vida real da mesma forma que acontece no grande ecrã. Evie não acredita no amor eterno, mas vai fazer tudo para salvar o seu emprego… mesmo que isso signifique recriar publicamente cenas icónicas de comédias românticas. Entornar sumo de laranja num estranho? Não há problema. Deixar o seu número de telefone em livros por toda a Londres para ver quem lhe telefona? Feito. Com uma pequena ajuda dos amigos – e de Ben e Anette, o adorável duo de pai e filha que testemunham constantemente as suas humilhações -, Evie está determinada em provar que é possível conhecer um homem da mesma maneira que Julia Roberts conheceu Hugh Grant. Mas quais são as chances de uma workaholic que desistiu do amor encontrar o seu príncipe encantado?

Sobre o Autor:

Rachel Winters vive em Londres. Depois de se formar em Escrita Criativa, passou vários anos a trabalhar como jornalista freelance para diversos jornais locais e revistas online. Gosta de dar grandes passeios pelo campo e acredita que são poucos os problemas que não se podem resolver com bons amigos e um copo de vinho. Trabalha atualmente na área da edição.