Tags

, ,


Vencedor do Prémio Costa

Sobre a Obra:

Verão de 1940: Witold Pilecki, um polaco combatente da Resistência, aceitou a missão audaciosa de descobrir o destino de milhares de detidos num novo campo de concentração, de denunciar os crimes nazis e de criar uma rede de resistência para levar a cabo uma revolta. O nome do campo era Auschwitz.

Nos dois anos e meio seguintes, Witold formou um exército clandestino que sabotou instalações, eliminou informadores e oficiais nazis e reuniu provas das terríveis atrocidades e assassínios em massa.

Sacrificaria a sua vida para salvar a de milhares de outras pessoas?

Ao constatar a horrível realidade de que o campo se estava a tornar o epicentro dos planos nazis de exterminar os judeus da Europa, percebeu que teria de arriscar os seus homens, a sua vida e a sua família para alertar o Ocidente.

Mas fazer isso significava tentar o impossível: fugir de Auschwitz.

Com imagens dramáticas de Auschwitz

Sobre o Autor:

Jack Fairweather é um ex-correspondente de guerra no Iraque e no Afeganistão.
Chefiou os escritórios do Daily Telegraph em Bagdade e trabalhou como vídeo-jornalista para o Washington Post no Afeganistão.
A sua cobertura da guerra foi galardoada com um prémio da British Press e uma menção do Overseas Press Club.
Divide o seu tempo entre o Reino Unido e o estado do Vermont, nos EUA.