Tags

, ,


Uma cela, quatro homens, dez dias, histórias sem fim.

Sobre a Obra:

Na sequência de um golpe militar, um médico, um barbeiro, um estudante e um velho revolucionário são encarcerados numa cela exígua e gelada nos subterrâneos de Istambul. Entre os interrogatórios, as sessões de tortura, o tempo suspenso e a imobilidade forçada, descobrem o encanto e o poder da palavra como possibilidade de fuga e beleza num mundo altamente cruel.

As narrativas que estes homens partilham, tantas vezes carregadas de humor, desafio e sensualidade, revelam o que os liga uns aos outros e o motivo pelo qual se encontram presos: na Istambul à superfície, que vive, caótica, entre beleza e horror, algo está para acontecer – uma mudança, uma revolução? – e é essa cidade, com todos os seus contrastes, as suas contradições e as infinitas realidades que a compõem, a verdadeira protagonista deste romance.

Istambul, Istambul, uma obra profundamente humana e apaixonante baseada na experiência do próprio autor, foi traduzido em cerca de trinta línguas e venceu o prémio ERBD (numa parceria com o Britsh Council) no Reino Unido.

Sobre o Autor:

Burhan Sönmez é autor de três romances premiados e traduzidos em cerca de trinta línguas. Nasceu na Turquia e fala turco e curdo. Foi advogado em Istambul. Exilou-se no Reino Unido por razões políticas e aí morou dez anos. Hoje vive entre Cambridge e Istambul. Escreveu para vários jornais, como The GuardianDer SpiegelDie Zeit e La Repubblica. Dá aulas de Literatura e Ficção na Universidade de METU. É membro do PEN-International. Recebeu em 2017 o Prémio da Fundação Vaclav Havel, atribuído a um escritor em risco pela sua coragem.