Tags

, ,


Como a exploração criou o mundo moderno e nos há de levar às estrelas

A resiliência do ser humano naquela que é «a história do mundo no seu melhor»

Sobre a Obra:

«Se a história da exploração nos ensinou alguma coisa foi que acontecem coisas surpreendentes quando o ser humano se obriga a tentar algo que ninguém fez antes.»

Pela primeira vez na história, a espécie humana tem a tecnologia para se destruir. Mas, tendo desenvolvido esse poder, os humanos também são capazes de deixar a Terra e viajar para a imensidão do espaço. Após milhões de anos de evolução, chegámos ao ponto em que podemos instalar-nos noutros mundos e iniciar o processo de nos tornarmos multiplanetários.

Como chegámos aqui?
O que nos reserva o futuro?

Do brilhante e jovem Andrew Rader — um cientista credenciado pelo MIT, apresentador de um podcast popular e gestor de missões na SpaceX — chega-nos uma crónica que destaca o desejo insaciável dos humanos de avançar continuamente em território novo e desconhecido, desde os primeiros dias da civilização até ao planeamento atual das viagens interestelares.

Sobre o Autor:

Andrew Rader, gestor de missões na SpaceX e possuidor de uma voz leve e envolvente, está na vanguarda da exploração espacial. Enquanto historiador talentoso, Rader, que ganhou reconhecimento mundial pela sua impressionante amplitude de conhecimento, está singularmente posicionado para revelar a história da exploração humana que também é a história das realizações científicas. Contada com um zelo infeccioso por viajar além do conhecido, Rumo ao Desconhecido explica como é humano emergir da caverna e caminhar em direção a um horizonte que se expande infinitamente.