Tags

, , ,


Sobre a Obra:

A Terra vive um período de alterações climáticas e de aquecimento global. Sabemos que o comportamento humano e as emissões de CO2 associadas contribuem para esse aquecimento. Mas tanto as alterações climáticas como a sua solução foram ampla e excessivamente simplificadas. De uma forma precoce, uma hipótese passou a teoria dominante, proibindo outras hipóteses e enviesando a investigação científica. Com clareza e frontalidade, uma cientista opõe-se ao actual consenso, que considera desvirtuar o método científico e ser determinado por razões políticas. São muitas as incertezas relativas às interacções gravitacionais e magnéticas do sistema solar, aos vulcões subaquáticos, às oscilações oceânicas a longo prazo e, por isso, este é um livro que nos alerta para o perigo de agirmos sem conhecimento: não resolveremos as alterações climáticas e podemos provocar uma catástrofe humana, gerando atraso, pobreza e morte. Judith A. Curry é climatologista e está na linha da frente do movimento climático céptico. Há 40 anos que a sua investigação incide em furacões, detecção remota, modelação atmosférica, climas polares e interacção ar-mar.

Sobre o Autor:

Judith A. Curry é climatologista e presidente do Climate Forecast Applications Network. Está na linha da frente do movimento climático cético, e a sua investigação incide em furacões, deteção remota, modelação atmosférica, climas polares e interação ar-mar. Licenciada cum laude pela Universidade de Northern Illinois em Geografia, obteve o doutoramento em Ciências Geofísicas na Universidade de Chicago, em 1982. Foi diretora da School of Earth and Atmospheric Sciences no Georgia Institute of Technology e professora de Ciências Atmosféricas e Oceânicas nas Universidades do Colorado-Boulder, tendo tido posições docentes nas Universidades de Penn States, Purdue e Wisconsin-Madison. Curry é coautora da Termodinâmicas das Atmosferas e Oceanos (1999), e coeditora da Enciclopédia das Ciências Atmosféricas (2002). Entre os seus prémios, conta-se o prémio de investigação Henry G. Houghton, atribuído pela Sociedade de Meteorologia Americana em 1992. Curry colabora com a NASA no Conselho Consultivo do Subcomité das Ciências da Terra. Membro da NOAA, Grupo de Trabalho do Clima e do Conselho de Investigação do Clima no Conselho de Investigação Nacional. É antigo membro da Diretoria dos estudos Espaciais da Academia Nacional e do Grupo de Investigação do Clima.