Tags

, ,


Primeiro, a ideia de dois amigos ligados à restauração de vender cerveja artesanal fermentou na plataforma online Pattria, lançada em janeiro de 2017. Mas não tardou até que dessem o salto do mundo virtual, materializando o projeto num bar que nasceu em Cedofeita, no Porto.

Há sempre novos projetos a fervilhar nas mentes de Jaime André e de Tiago Almeida. O mais recente mora desde março em Cedofeita, num bar de cerveja artesanal que abriram numa antiga loja de louças com vistas para o movimentado Largo Alberto Pimentel. Chama-se Pattria e é a «primeira embaixada» da marca no Porto – porque, afinal, «cada pátria tem várias embaixadas», explica Tiago.

Aqui todos têm lugar, dos entendidos aos leigos. «O nosso espaço é para beer lovers que adoram cerveja mas que não têm de saber tudo sobre o assunto», diz a dupla, enquanto aponta escolhas que tanto podem agradar a um adepto mais conhecedor como àquelas pessoas que querem conhecer a cerveja artesanal. «A ideia é ter uma oferta abrangente, para todos os gostos», resumem.

Têm entre «80 a 90 referências, de diferentes estilos e marcas», refere Jaime André, destacando que «a maior parte são portuguesas», embora também vendam internacionais. Só têm de ser artesanais, à semelhança da filosofia inscrita no ADN do projeto mãe, a loja online homónima – http://www.pattria.beer – que os dois criaram no ano passado.

«Este espaço físico é uma extensão online», esclarece Tiago Almeida, que idealizou um bar com «um perfil industrial» e marcado por elementos construtivos como as estruturas de andaimes que já haviam utilizado como imagem de marca nas feiras de cerveja.

Foi há um ano que agarraram no espaço onde durante décadas habitaram as louças da Casa Dina. Abriram o bar assim que terminaram a intervenção que deixou «visível tudo o que é estrutural» no edifício, como os barrotes de madeira que dividem os andares – a zona de bar no piso térreo e a de jantar no primeiro. Depois, foi acrescentar elementos do vintage industrial, como duas mesas de corte que pertenceram a uma fábrica de tecidos da Areosa.

A segunda fase da abertura do Pattria, virada para pratos de fondue, arranca a meio deste mês no primeiro andar. No futuro, «a ideia é abrir mais embaixadas Pattria noutros sítios» do país.

Os petiscos

No Pattria não faltam petiscos para ir picando enquanto se degusta uma cerveja. Além dos habituais amendoins, tremoços e snacks salgados, também se servem moelas, mexilhões e tábuas de enchidos.

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::

MORADA: Rua Mártires da Liberdade, 30, Porto (Cedofeita)
HORÁRIO: Das 17h00 às 02h00. Domingo das 17h00 às 00h00. Encerra de segunda a quarta-feira.
:::::::::::::