Tags

, , ,


Sobre a Obra:

Um testemunho pungente de histórias chocantes, incluindo a da própria Xinran, de mães chinesas que perderam ou tiveram que abandonar as suas filhas e que ainda as estão procurando.

Dez capítulos, dez mulheres e muitas histórias de desilusões onde Xinran, mais uma vez nos leva directa para a vida das mulheres chinesas – estudantes, mulheres de negócios bem sucedidas, parteiras, camponesas, todas com as memórias que têm manchado a sua vida. Seja como consequência da política do filho único, destrutiva das antigas tradições ou da necessidade económica estas mulheres tiveram que desistir das suas filhas para adopção ou foram obrigadas a abandoná-las nas ruas da cidade, fora dos hospitais, orfanatos ou em estações.

 

«Teríamos de ter um coração de pedra para não nos deixarmos comover.»
Economist

«Há muito que admiro a escrita de Xinran. Ela tem o talento raro de ser uma ouvinte compassiva e uma contadora de histórias hipnotizante. Ao ler os seus livros, sinto-me sempre como se estivesse numa sala, a ouvir com Xinran, enquanto desconhecidas revelam os pormenores assombrosos das suas vidas, os quais me captam a atenção e me prendem o coração.»
Amy Tan

«Um livro extraordinário, narrado com generosidade e afecto por uma brilhante contadora de histórias.»
Financial Times